traição
Cadastro rápido >>>
Festas, encontros casuais, fotos, vídeos, chat e muito mais!
107863 Amantes Cadastradas e 1951 Amantes Online

Ai que delícia é a sociedade secreta do Sexo Casual

Mulheres casadas liberam todas as suas fantasias aqui!

Como todos buscam a mesma coisa e pensam da mesma forma os encontros acontecem em particular ou em grupos!

✓ Mais que um site de caso, traição e Sexo Casual

Ai que delícia é conhecido por ser muito mais que um site de infidelidade e namoro de casados, aqui você vai realmente entrar no mundo do Sexo Casual.

>Sexo Casual

Participe de encontros em grupo ou apenas com o parceiro de sua preferência, são muitas as formas de contato e encontros.

Os contatos entre os participantes realmente funcionam, pois o sistema conta com diversas ferramentas únicas no Brasil. Ai que delícia é o site mais completo para encontrar um caso e parceiros de traição ou Sexo Casual.

✓ Tenha Sexo Casual 24 horas por dia.

Hoje já são Milhares de mulheres casadas e homens casados querendo trair e se inscrevem todos os dias à procura se sexo e encontros casuais. Ai que delíia é o site com maior destaque no Brasil para encontros casuais entre os casados​​. Ter um caso nunca foi tão fácil. Participe e tenha um caso gostoso hoje!

✓ Milhares de Amantes

São milhares de brasileiros, que já compartilharam mais de 890.000 fotos, vídeos e já participaram mais de 120.000 festas e encontros casuais em nosso sistema de rede social de encontros melhor que Ashley Madison e é mais que um site de swing ou troca de casais.

✓ Pesquisa sobre Sexo Casual

Pesquisa recente, mostra que boa parte das brasileiras fazem sexo sem compromisso como injeção para a autoestima e para combater estresse e solidão. Você se encaixa nessas características?

Sexo casual, sem compromisso, que antes era considerado imoral e alvo de preconceitos, ganhou espaço na vida de quem busca satisfazer desejos e realizar fantasias. É nessa hora que vale tudo?

Para 64,3% das mulheres entrevistadas pelo site especializado em encontros C-date sim! A pesquisa revelou ainda que a ousadia feminina vai além dos limites de 59,2% dos homens

Apenas 4,8% das entrevistadas disseram que não fariam tudo na cama e 30,8% considerariam o “vale tudo” dependendo do parceiro

Ao todo, foram coletadas 1.258 respostas entre os dias 13 de março a 07 de abril deste ano

Segundo dados da pesquisa, inúmeros motivos podem levar uma pessoa a procurar o sexo casual, considerado uma “injeção para a autoestima” para 76% dos participantes

São eles: espantar a solidão só por uma noite (36,9%), ter um momento de diversão (25,2%) e aliviar a tensão do dia (19,4%)

A pesquisa mostra um resultado surpreendente e revela uma tendência das mulheres a lidar de forma mais livre com a sexualidade

 

Quer trair? Clique aqui!

✓ Ai que delícia é hoje o maior portal de Sexo Casual do Brasil

 

✓ Traição ou apenas Sexo Casual

O assunto continua tabu, mesmo quando se vive em um tempo de ofertas de traição por meio de sites especializados. Sim, isso existe, e a reportagem da Revista Ideias foi investigar como e por que isso acontece.
De acordo com o dramaturgo, “tudo passa, menos a adúltera. Nos botecos e nos velórios, na esquina e nas farmácias, há sempre alguém falando nas senhoras que traem. O amor bem-sucedido não interessa a ninguém”. Interessa sim. Aos sites de infidelidade. Novidade nesta região, esses sites especializados chegaram ao Brasil em julho de 2011 e já têm milhares de adeptos. Um deles já tem mais de 381 mil usuá­rios. Outro, mais de 150 mil.

Sexo CasualO site The Ohhtel foi lançado em janeiro de 2009 nos Estados Unidos depois de descobrirem que 40 milhões de americanos estavam em casamentos sem sexo. Quem conta é Laís Ranna, vice-presidente de operações no Brasil do Ohhtel.“Na maioria dos casos isso ocorre porque um dos parceiros perdeu o desejo de praticar o ato sexual com o parceiro atual. Isso coloca o parceiro que precisa dessa satisfação em uma posição difícil. Muitos deles amam o cônjuge, sentem-se felizes em estarem casados, mas ao mesmo tempo não querem um cotidiano sem sexo para o resto da vida”, afirma Laís.

Ainda de acordo com Laís, o serviço tem mudado a vida de 2 milhões de pessoas nos EUA, Canadá, Argentina, Chile , Paraguai, Peru, Colômbia, México e agora no Brasil. Em breve, o site também será uma opção para italianos, franceses e espanhóis.

Laís conta que a aceitação no país é excelente. “Os brasileiros entenderam que estamos apenas oferecendo uma maneira mais discreta para ter um caso. Eles podem conhecer outras pessoas casadas exatamente na mesma situação”, explica.
Mesmo sem poder usar o serviço, o Brasil já era o terceiro do mundo em visitantes no site Ohhtel EUA. Só perdia para o próprio Estados Unidos e Argentina. “Recebemos mais de 3 mil e-mails em 2010 de brasileiros nos perguntando quando seria nosso lançamento no Brasil”, conta. Laís relata que hoje o site é o maior serviço de infidelidade no Brasil e na América do Sul.

✓ Capital mundial do sexo

O Ohhtel considera São Paulo a capital mundial da infidelidade. O motivo para esse título é o crescimento do número de inscritos e o tempo que os usuários passam conectados no site. Segundo Laís, o número ultrapassa qualquer outra capital no Brasil e no mundo em que eles oferecem o serviço, no caso Nova Iorque, Buenos Aires e Santiago.

no Paraná o Ohhtel tem mais de 20 mil usuários. Curitiba está no topo do ranking com mais de 15 mil usuários. Depois da capital vem Londrina com mais de 2 mil, seguida de Maringá com cerca de mil, Ponta
Grossa com quase 800 e Foz do Iguaçu, fechando o top das cinco cidades do Estado, com cerca de 700 pessoas.
No Paraná, 37% dos usuários são mulheres e 63% são homens. Em todo o Brasil, 33% dos membros são mulheres enquanto 67% são homens.

A média de idade de usuários homens no Estado é de 41 anos. Já a idade média das mulheres é de 35. No panorama Brasil, a idade média dos homens é de 40 e a idade média das mulheres é de 33 anos.
Em pesquisa que o site fez com usuários no Paraná, descobriu-se que a maioria das pessoas que têm amantes no Estado não está sem sexo no casamento — ao contrário do que acontece ao redor do mundo, onde a maioria das pessoas do Ohhtel está em casamentos sem sexo.

“Homens e mulheres no Paraná estão utilizando o nosso serviço para ter amantes e não estão em casamentos sem sexo. 63% dos homens têm relações sexuais com sua esposa pelo menos uma vez por semana e 62% das mulheres têm relações sexuais com seu marido pelo menos uma vez por semana”, afirma Laís.

Sexo CasualO estudo do site ainda aponta que apenas 52% dos homens e 47% das mulheres do Paraná que têm casos dizem ser católicos. Em outras regiões do mundo, os católicos têm um percentual maior de casos do que outros grupos religiosos.
A razão número um para os homens ao serem questionados por que têm amantes é a necessidade de variedade. Já as mulheres responderam que querem mais romance. “Em outras regiões ao redor do mundo é porque eles não fazem sexo suficiente em casa. No Paraná, parece que estão tendo o suficiente, mas que está faltando alguma coisa, como romance e variedade”, explica a vice-presidente de operações do site no Brasil.

Homens (62%) e mulheres (60%) no Paraná fazem sexo com amantes em motéis. A segunda opção mais popular são os carros — 14% dos homens e 20% das mulheres fazem sexo em carro. Em terceiro lugar, com 13% dos homens e 12% das mulheres, aparece a casa do(a) amante.

Laís conta que as pessoas que têm casos querem ficar casadas. Do contrário, elas simplesmente pediriam o divórcio. “Ao dar às pessoas um lugar para ter um caso discreto, estamos ajudando a satisfazer as suas necessi­dades sexuais ou emocionais, mantendo o casamento intacto”, afirma. De acordo com o site, 80% dos homens e 86% das mulheres que moram no Paraná e têm amantes nunca foram divorciados.

Outro dado da pesquisa do site mostra que homens e mulheres no Estado têm vários amantes. 85% dos homens e 74% das mulheres no Ohhtel.com tiveram pelo menos um caso em algum momento de sua vida antes de se cadastrar no site.

✓ Ai que delícia como melhor que ASHLEY MADISON por conter muito mais encontro adultos

O Ashley Madison Surgiu no Canadá em 2002n o Paraná já são mais de 20 mil usuários. É o estado com maior índice de infidelidade do Sul, seguido pelo Rio Grande do Sul e Santa Catarina.De acordo com Borges, as traições são lideradas pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. “Esse número reflete a ordem de lançamento do site no Brasil, mas temos planos de iniciar uma campanha de marketing forte no Sul do país agora no início de 2012 para aumentar bastante a quantidade de pessoas cadastradas na região”, afirma. Segundo Borges, as pessoas buscam esse tipo de serviço porque precisam de algo a mais em sua relação, como uma aventura ou sexo. “Existem mulheres que se casam muito novas, amam seus maridos, mas nunca tiveram uma relação com um homem alto e forte, por exemplo. Então elas vão ao site, matam a curiosidade e voltam felizes ao casamento, sem deixar de amar o marido. Outras estão casadas há anos, não fazem sexo há um bom tempo e não querem acabar com a relação. Elas usam o site como uma forma de suprir esse vazio sem abandonar os laços familiares”, exemplifica.

✓ EXPERIÊNCIA EM ENCONTROS E Sexo Casual ONLINE

Luíza (nome fictício) é professora, tem 49 anos, é casada há 29 e tem filhos. Mora em Umuarama, no interior do Paraná. Cadastrou-se há três meses em um site de infidelidade por causa da solidão. Queria conhecer pessoas, mas nunca tinha entrado em um site de relacionamentos antes. “Interessei-me neste site por saber que era confidencial e seguro”, afirma.
Luíza já tinha traído seu marido antes de começar a usar o serviço do site. Ela conta que busca relações fora do casamento porque gosta de sentir que pode encantar e seduzir. “Fico feliz em saber que aos 49 anos ainda sou uma mulher bonita e atraente”, confidencia.


Ao contrário do que aponta a pesquisa feita no Estado, Luíza não tem sexo no casamento há dois anos e tem interesse em se divorciar, inclusive já está em processo de separação. O casamento de Luíza não é do tipo relação aberta. Seu marido não sabe das traições dela e ela não sabe se ele é infiel.


“No site, assim como em todos os outros lugares, existem pessoas bacanas que estão a fim de sexo e te tratam muito bem, mas também têm aqueles que tratam a mulher como objeto mesmo. Quando entrei sabia que iria encontrar homens de todo tipo”, relata.


A professora se relacionou com dois homens pessoal­mente, um de Curitiba e um de Londrina. Ela conta que até hoje eles conversam pela internet e por telefone. “Tenho um amigo de Madri com quem falo quase sempre. Também tenho um amigo de São Paulo que converso, conto a ele meus problemas. Minha experiência com o site de infidelidade é ótima”, expõe.
Luíza afirma que em nenhum momento se arrependeu em trair porque nunca foi feliz no casamento. “Sei que não vou encontrar com o corpo o que preciso encontrar com a alma, mas novas experiências me trouxeram novas expectativas de vida. Sinto-me mais feliz hoje, pois sei que ainda estou viva”, finaliza.

Sexo Casual

✓ CURIOSIDADE Sexo Casual

O site The Ohhtel fez um levantamento com 7.364 mulheres com a pergunta: “Onde você estará no dia 22 de dezembro”? Do total de participantes da pesquisa, 81% das mulheres inscritas no site já tinham uma data definida para celebrar o Natal com o amante e 87% das que responderam o questionário escolheram o dia 22 de dezembro. Para essas mulheres, o dia 25 de dezembro foi o dia de comemorar o Natal em família, enquanto a celebração da data entre os amantes foi no dia 22.
Ainda de acordo com o levantamento, 15% planejaram realizar o encontro durante o almoço e 64% delas planejaram encontrar seus amantes tendo como subterfúgio uma “reunião de trabalho”. Outras pretendiam investir ainda mais e dedicar o dia todo aos amantes, optando por tirar o dia todo de folga (21%).

Segundo Laís Ranna, a vice-presidente de operações no Brasil do Ohhtel, isso é muito diferente do que em outras épocas do ano, nas quais mais de 70% das mulheres, normalmente, encontram com os amantes na hora do almoço. Entre outras desculpas havia ainda mais opções de “respostas” que, possivelmente, elas utilizaram como a de que pretendem ir às compras de última hora para o Natal, na noite do dia 22 de dezembro, logo após o trabalho. Os dados do levantamento apontam também que 77% das mulheres participantes da pesquisa devem ter reservado um quarto de motel para o dia 22 de dezembro. Já as demais mulheres disseram que ainda não sabiam como seria a comemoração porque os seus amantes mantiveram um mistério até a data para surpreendê-las. Quanto aos presentes, 92% delas deram presentes para o amante. A opção número um, delas para eles, era vestir uma lingerie sexy para recebê-los no dia 22. Quando perguntadas sobre que tipo de presentes os amantes costumam oferecer nesta época do ano, elas revelaram que eles costumam dar joias, um dia no SPA ou a tradicional lingerie.

  ✓ Entrevista com a terapeuta sobre traição e Sexo Casual

No ano passado, sites de infidelidade começaram a surgir no Brasil. Em menos de seis meses, um deles já tinha mais de 150 mil membros. No mundo, são mais de 11 milhões de usuários. Por que este tipo de ferramenta está atraindo as pessoas?
Pessoas atraídas por estes sites já têm a propensão a trair. Existem inúmeros outros sites de relacionamentos em que muitas pessoas comprometidas dizem ser solteiras. A diferença é que neste tipo de site a real intenção não é escondida.

Estes sites de infidelidade seriam facilitadores para trair com menos risco de ser descoberto?
O risco sempre vai existir. Os sites apenas facilitam a aproximação e o encontro. Muitas traições começam na internet e são descobertas por meio da internet, já que redes sociais e sites de relacionamentos fazem parte do mundo moderno.

✓ Por que as pessoas traem?

Pelos mais variados motivos. A traição pode ser consequência de descompasso afetivo entre o casal. Pode acontecer quando um dos dois está com quase toda a sua atenção voltada para algo externo ao relacionamento. Se os dois parceiros têm interesses que os absorvem na mesma intensidade, nenhum problema. A situação se complica quando um dos parceiros quer atenção e o outro não está disponível. Surgem mágoas e ressentimentos. A infidelidade pode funcionar como uma (falsa) saída para o parceiro(a) que se sente deixado de lado. Também ocorre devido à necessidade do novo que muitas pessoas sentem e a autoafirmação. Dificuldades para lidar com frustrações diárias que fazem parte de qualquer relacionamento e a ideia que de que o parceiro(a) deve suprir todas carências ou necessidades do outro é um fator considerável. Existem também pessoas que não têm fidelidade como valor no relacionamento. Um dado interessante é de que em uma escala de valores, a fidelidade está entre os cinco primeiros para maioria dos homens e mulheres.

Sexo Casual ✓ Traição significa insatisfação com o parceiro, insatisfação sexual (ou qualquer outro tipo de insatisfação), ou não necessariamente?

Insatisfação é, sem dúvida, um dos motivos que leva as pessoas a traírem. Agrava-se quando existe entre os parceiros a dificuldade em comunicar seus desejos. A pré-suposição de que o parceiro(a) sabe o que passa dentro do outro é uma ilusão. Existem vários outros fatores de origem pessoal como “valores muito diferentes”, por exemplo.

Adultério não é mais considerado crime desde 2005, mas continua sendo mal visto pela maioria das pessoas. Qual seria o valor ético e moral do adultério?
O adultério é mal visto pela maioria das pessoas porque vai contra o modelo de relacionamento da nossa sociedade, que é a monogamia. Tudo o que se afasta deste modelo, habitualmente, é rejeitado. A maioria dos parceiros tem fidelidade como valor e quando isto é ferido, naturalmente, a pessoa se sente lesada.

✓ Traição virtual pode ser considerada infidelidade?

Para a maioria das pessoas sim. Mas isso depende do pacto de fidelidade que existe entre os parceiros. Para algumas pessoas, olhar para outro(a) já é traição. Enquanto para outros precisa haver sexo. Em alguns casos para ser considerado traição deve ter envolvimento emocional. Por isso é sempre bom que se estabeleça entre os parceiros um diálogo franco e aberto sobre o que cada um considera infidelidade. O que parece óbvio para um pode não significar absolutamente nada para o outro.

✓ Homens traem mais do que as mulheres?

As diferenças entre os gêneros estão diminuindo, mas apesar de um grande número de mulheres admitirem trair ou já terem traído, os homens ainda traem mais. Isso ainda é um fator cultural, já que a traição masculina é mais aceita pela sociedade.

✓ Dizem que homens traem por instinto e mulheres por vingança. Verdade?

Na verdade, isso é um aspecto totalmente cultural. Durante muito tempo os homens colocaram a responsabilidade do seu comportamento na natureza. O que ficou muito evidente durante 10 anos de experiência em terapia é que a maioria das mulheres busca ainda envolvimento afetivo. No trabalho que realizo procuro respeitar integralmente o modelo de mundo de cada um, a forma individual de perceber e fazer escolhas.

✓ Muito Sexo Casual

Ai que delícia é o site de namoro on-line para encontros casuais, romance secreto e adulto com muita fantasia, sexo e desejo. (site com muito mais Casados , namoro, Affairs, mulheres casadas, homens casados, caso extraconjugal. )

✓ Tenha um caso hoje

Cadastro rápido participe>>>
www.aiquedelicia.com.br - 2009 - 2014